PLANO
INDIVIDUAL

Mensal

R$ 33,90

Anual com desconto

R$ 339,00

Economize 2 parcelas

Sem carência para emergências e atendimento de urgência

Plano
Empresarial

Mensal

R$ 24,90

A partir de 2 vidas

Possibilidade de isenção de carência. Inclui documentação Ortodôntica

Ligação gratuita
Fale com um consultor:

(11) 4003-3644

Nós ligamos para você


* Apenas para pessoa física

Coberturas

Coberturas

Emergências e Urgência

Tratamento de canal

Restauração

Extração de siso

Obturação

Limpeza

Cirurgias

Tratamento Ortodôntico

Documentação

Exames

RECEBER LIGAÇÃO
plano odontológico

plano odontológico

plano odontológico

Como funciona o plano odontológico na terceira idade

Até 2050, a sociedade da terceira idade irá triplicar no Brasil. É o que aponta um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo os dados apurados, passará dos 19,6 milhões - registrados em 2010 - para 66,5 milhões de pessoas, o equivalente a 29,3% da população. Ainda, conforme o IBGE, em 2030 o número de cidadãos da terceira idade, com mais de 60 anos, irá ultrapassar o de crianças, de zero a 13 anos.

O aumento na população idosa deixa evidente que as pessoas estão vivendo mais, contudo, ao contrário do que acontecia anos atrás, hoje esses senhores e senhoras querem viver até os 100 anos com qualidade de vida. A terceira idade dos tempos modernos tem levado muito a sério a expressão "melhor idade" e investe cada vez mais em tratamentos de saúde bucal. Por isso, até quem já passou dos 60 sabe que vale a pena investir em um plano odontológico.

A elevação na expectativa de vida da população impulsionou o setor de convênios dentários voltados à terceira idade. Prova disso é o crescimento no número de beneficiários de plano odontológico entre pessoas com 59 anos ou mais. Segundo informações do Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo (Sinog), de junho de 2017 a junho de 2018, o setor teve um acréscimo de 17% nas adesões nesta faixa etária.

O total de pacientes de planos dentais no país gira em torno de 23 milhões de pessoas e a expectativa é que até 2020 a procura aumente consideravelmente. Sem dúvida, uma das faixas etárias responsáveis pelo cenário positivo é a turma acima dos 60.

Benefícios do plano odontológico na velhice

Assim como acontece na medicina, na odontologia também existem diferentes especialistas responsáveis pela assistência de públicos específicos. No caso das crianças, a especialidade é a odontopediatria. Já na terceira idade, o especialista é chamado de odontogeriatra. Este dentista cuida dos pacientes idosos, priorizando sua saúde bucal e qualidade de vida.

Infelizmente, muitos senhores e senhoras chegam à terceira idade com os dentes bastante surrados. Alguns, nem tem mais a arcada dentária completa e fazem uso de próteses e implantes. No entanto, ainda assim é muito importante investir em plano odontológico. Os profissionais assistirão os idosos para que tenham uma melhora considerável na aparência do sorriso e na sua funcionalidade.

Por outro lado, se o idoso cuidou muito bem do sorriso desde a infância e manteve os tratamentos na fase adulta, certamente chegou aos 60 com a saúde bucal preservada. Até mesmo para estes o plano odontológico é de suma importância. Graças à rotina de consultas, o especialista poderá realizar o acompanhamento, realizando a prevenção, além de métodos paliativos e curativos.

O objetivo da odontogeriatria é garantir que problemas bucais não interfiram na saúde durante a velhice. Nos idosos, as doenças mais populares são artrite, osteoporose, artrose, problemas vasculares, diabetes e enfermidades endócrinas. Todas essas patologias sistêmicas podem ser oriundas de problemas com o sorriso. Com acesso ao plano odontológico, os idosos mantêm uma frequência maior aos consultórios e, diante de qualquer sinal, o dentista já inicia o tratamento evitando que a evolução para casos mais graves.

Por que é tão importante um plano odontológico com foco nos idosos:

  • na terceira idade, é preciso contar com apoio de um profissional especializado;

  • estabelecem relação de confiança com o dentista;

  • a manutenção da saúde bucal interfere no bem-estar desta faixa etária.

  • idosos necessitam de cuidados diferenciados da primeira consulta aos demais procedimentos.

Como tratar problemas bucais com plano odontológico

Há um tempo atrás, o número de pessoas que completava 60 anos ou mais era considerado pequeno. Boa parte da população falecia antes ou chegava à terceira idade muito debilitado. Hoje não é mais assim. Senhores e senhoras de 60 anos aparentam ter 50 e estão correndo atrás da melhor forma física e da saúde. Para este público, é necessário envelhecer com autoestima e qualidade de vida, e por que não, com um belo sorriso no rosto.

Mas apesar dos cuidados e a vontade de viver mais e melhor, muitas pessoas idosas se deparam com problemas bucais e precisam encarar de frente e sem medo os tratamentos. O investimento em plano odontológico tem este papel na vida dos idosos: recuperar a saúde bucal e apoiar na manutenção do sorriso.

Um dos empecilhos que mais aflige os idosos é a perda dos dentes - vale ressaltar que nem sempre este acontecimento está relacionado a fatores naturais. Às vezes, faltou higiene, escovação e visitas periódicas ao dentista nos anos anteriores, ou mesmo, é um problema que começou por causa de maus hábitos criados na terceira idade. Seja como for, o acompanhamento de um plano odontológico irá diagnosticar o problema, que ocorre com mais gravidade nesta faixa etária devido a menor destreza muscular e, consequentemente, limpeza feita de forma inadequada. O resultado é maior incidência de cáries e periodontite, que causam a perda dos dentes na velhice.

Outro problema diagnosticado em grande quantidade pelos odontogeriatras é a fragilidade da língua. Nos idosos, este órgão tem relevância nas tarefas mais básicas, como mastigação e fala. Porém, a falta de tonicidade compromete a qualidade de vida. Acima dos 60 também é comum que haja a redução de saliva, ocasionando desgaste no esmalte dos dentes, problemas com mau hálito e dificuldade na alimentação.

Outra questão que atrapalha a vida dos idosos é a perda do paladar. Com o passar dos anos, a sensibilidade gustativa fica comprometida. Por isso, na terceira idade é natural o exagero na quantidade de certos alimentos, como temperos, açúcar e sal. Este consumo acima do normal prejudica a saúde dos dentes e da boca.

Dentes mais saudáveis e bonitos na terceira idade

Para manter a saúde da dentição na velhice é importante adotar hábitos de higiene e frequentar assiduamente o dentista. As consultas devem ocorrer de seis em seis meses, ou sempre que o especialista solicitar, dependendo do tratamento. Nesta fase da vida, vale muito a pena contratar um plano odontológico, principalmente pelas coberturas diferenciadas.

Exibir um sorriso sempre bonito e saudável na velhice é perfeitamente possível. Além de contar com um plano odontológico e com apoio do profissional, o paciente precisa fazer sua parte. Na velhice, a recomendação é o uso de escovas dentais elétricas. Por causa da falta de mobilidade, os idosos sentem dificuldade na escovação, e essas escovas elétricas auxiliam na tarefa diária.

A maioria das pessoas com mais de 60 anos possui implantes dentários ou próteses. Os cuidados com a limpeza nestes casos precisam de atenção redobrada. O acúmulo de alimentos continua a acontecer na boca, independente de ser dente permanente ou não, sendo assim, a limpeza após as refeições, com fio dental e escovação é fundamental. Os idosos também pode fazer uso de enxaguantes bucais com flúor, que auxiliam na remoção dos resíduos.

O uso de dentaduras é outro impasse na velhice. Isso porque, qualquer descuido com a higiene pode acarretar problemas sérios e comprometer a saúde bucal. Para garantir a qualidade de vida do idoso e a durabilidade da dentadura, a higiene do aparelho precisa ser caprichada. Do mesmo jeito que se faz com os dentes naturais, a dentadura requer cuidados com a escovação. Geralmente, o dentista passa aos pacientes o passo a passo para manter a limpeza e eliminar quaisquer resíduos.

Plano odontológico: investimento para todas as idades

A saúde oral está diretamente ligada à qualidade de vida das pessoas e, quanto antes os cuidados iniciarem, melhor serão os resultados colhidos ao longo da vida. O plano odontológico é um dos táticas mais eficazes para manter a rotina de consultas ao dentista, por isso, o número de beneficiários tem aumentado no país.

No entanto, apesar dos bons índices do setor, muitas pessoas não contratam o serviço de assistência odontológico por acreditarem que custa caro. O que não passa de um equívoco. Normalmente, ocorre o contrário: o atendimento dentário poderá pesar no orçamento quando o paciente menos esperar. Casos de urgência e emergência em dentistas particulares costuma ter um alto valor agregado. Por isso, vale muito a pena, em médio e longo prazo, investir na contratação do serviço e usufruir dos benefícios.

Saiba quais são as principais coberturas de um plano odontológico:

  • tratamento de cáries;

  • restaurações;

  • radiografias;

  • tratamento de gengiva;

  • endodontia (tratamento de canal);

  • remoção de tártaro e placa bacteriana;

  • cirurgias;

  • prevenção e limpeza.

Por que o plano odontológico é fundamental?

Cerca de 23 milhões de brasileiros possuem plano odontológico. A adesão ocorre primordialmente pela praticidade e segurança do serviço. Nos convênios dentários, os beneficiários têm acesso a profissionais especializados. A consulta pode ser agendada pela internet e, geralmente, o paciente tem a opção de escolher entre centenas de dentistas credenciados à rede. Além disso, o plano odontológico garante atendimento rápido e eficaz, oferecendo coberturas diferenciadas para atender públicos específicos. Mesmo com tantas vantagens é fundamental pesquisar entre as operadoras a que mais se encaixa no perfil desejado.

Para os pacientes, a grande vantagem do plano é a manutenção dos cuidados com o sorriso. Ao contrário dos pacientes que optam pelo atendimento particular, os que possuem plano odontológico frequentam muito mais os consultórios dentários.

Quem tem convênio paga uma mensalidade, que pode ser mensal ou anual, para ter acesso a consultas e avaliações periódicas. Essa frequência faz com que o dentista perceba problemas ainda no início, evitando doenças mais sérias.

Outra questão positiva é a relação de confiança com o dentista. Quanto mais consultas, mais proximidade com o profissional e menos resistência aos tratamentos.

Mas lógico que somente plano odontológico não faz milagres. Para a saúde bucal ser completa, o paciente tem que fazer sua parte. Em casa, os cuidados devem ser mantidos à risca. A escovação correta dos dentes (três vezes ao dia após as refeições), o uso adequado do fio dental e alimentação balanceada são relevantes para garantir uma dentição forte e bonita.

Fique atento às principais doenças bucais:

  • cáries;

  • gengivite;

  • problemas na articulação;

  • retração gengival;

  • endodontia (infecção do canal);

  • bruxismo;

  • desgaste dentário;

  • mau hálito (halitose).

Para não errar na contratação do trabalho, escolha o plano odontológico ideal para você. No mercado estão disponíveis os planos individuais e empresarial. A modalidade para as empresas podem ser contratadas a partir de dois beneficiários. A maioria das operadoras atua com custos competitivos, carências reduzidas e até planos sem carência. Outro atrativo é a cobertura especial e o atendimento nacional, oferecido por quase todas as operadoras.

Já os planos individuais e familiares contam com uma grande rede de especialistas credenciados, nas principais cidades do país. As coberturas também são muito completas, e a contratação do plano odontológico pode ser feita sem carência, com pagamento no cartão de crédito ou boleto anual.

Sorrir faz bem à saúde de todos!

A frase é batida e certamente você já deve ter ouvido em algum momento que um belo sorriso é o principal cartão de visitas das pessoas. E é mesmo. Pouco adianta estar bem-vestido ou com os cabelos arrumados, se os dentes estão feios e mal cuidados.

A saúde oral tem função primordial na manutenção do bem-estar das pessoas. Ter dentes brancos e saudáveis ajudam homens e mulheres a sentirem mais felizes. O sorriso é dos métodos responsáveis pela autoestima, melhorando as relações profissionais e pessoais. Informações da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que ao sorrir o vínculo social se instala, e nos ambientes de trabalho, ter uma relação de confiança com os colegas está diretamente atrelado a seu estado de humor.

Entretanto, o que impede muitas pessoas de sorrirem é a imperfeição dentária. Homens e mulheres relataram durante uma pesquisa que deixam de sorrir, seja no emprego ou em uma roda de amigos, por causa da vergonha de mostrar os dentes. A ausência de um sorriso saudável afasta as pessoas do convívio social, pelo medo do constrangimento e piadas desagradáveis. Dentes tortos, amarelados e doentes são também desencadeadores da depressão.

Mas é possível mudar essa realidade. O primeiro passo é querer. Depois, o recomendado é investir em plano odontológico, assim a pessoa poderá recuperar o tempo perdido, retornando ao consultório para realizar as avaliações necessárias e iniciar os tratamentos corretivos. A reabilitação bucal irá recuperar o sorriso, devolvendo ao paciente a vontade de sorrir novamente. O medo e a vergonha darão lugar a sentimentos de orgulho e realização.

Custo-benefício e outras vantagens do plano odontológico

Ao decidir pelo investimento no plano odontológico, independente de qual seja a empresa, as pessoas já saem ganhando muito economia. Mesmo pagando um valor mensal, que varia conforme o tipo do plano e de suas coberturas, a redução nos gastos é certa.

Outra questão positiva ao aderir o convênio é o aumento da frequência entre uma consulta e outra. O dentista passa a ser um companheiro e a rotina de atendimentos vira algo natural na vida dos beneficiários. Mais cuidado com a saúde bucal só pode gerar um sorriso mais bonito e mais dinheiro no bolso. Sem a necessidade de procedimentos invasivos, os pacientes economizam os recursos que gastariam no atendimento de emergência (bem mais caro que o tradicional) para curtir a vida e passear com a família. Ou então, investem naquele curso de especialização para melhorar o currículo profissional.

O preço alto de não cuidar do sorriso

Pouco se ouve falar de indivíduos que morrem por falta de atendimento dentário. A maioria dos casos extremos, que leva o paciente a óbito, se encontram na medicina. Contudo, apesar da baixa incidência, a morte por problemas bucais pode ocorrer. Quando uma pessoa ignora as infecções dentais, a gravidade da cárie, por exemplo, pode afetar a polpa ou nervo do dente, localizado na parte central da saliência. Este problema evolui para um processo infeccioso grave, gerando contaminação que pode se alastrar para outros órgãos do corpo humano.

Sem o atendimento de um dentista, o canal infeccionado pode criar um abcesso. O resultado é uma infecção que avança pela rede sanguínea trazendo malefícios gravíssimos, que podem sim levar o paciente à morte. Outras patologias bucais, como periodontite (sangramento da gengiva) podem desencadear diabetes e problemas cardíacos.

Agora, pare e analise: vale mesmo a pena correr este risco? Com hábitos simples de higiene, que devem começar ainda na infância, é possível manter uma boca saudável. Além disso, com o avanço da odontologia e a criação de várias especialidades, ficou muito mais fácil garantir um sorriso lindo e bonito. Para melhorar ainda mais este cenário, surgiram os convênios dentários. O principal objetivo do plano odontológico é preservar a saúde bucal dos beneficiários.

O atendimento personalizado, com profissionais credenciados, dá a garantia de rapidez nos procedimentos. Além disso, a concorrência do setor é positiva, porque obriga que as operadoras fiquem atentas à qualidade dos tratamentos. Hoje em dia, muito se fala de saúde bucal: nas escolas, as crianças recebem aplicação de flúor e aprendem lições importantes sobre os cuidados com os dentes. Depois, em casa, junto das famílias, é hora de aplicar todo o conhecimento na prática.

Na mídia, a temática está sempre em pauta, mostrando ao público em geral a importância de manter a higiene e a escovação. Um dos melhores modos de aplicar os cuidados no dia a dia com naturalidade é fortalecer os hábitos. Assim como acordamos e já pensamos no que vamos comer no café da manhã, na roupa que vamos colocar para ir ao trabalho ou no ritual de beleza e maquiagem, também temos que incluir a proteção com a dentição. Gaste um tempo para tratar do seu sorriso. Escolha cremes dentais de qualidade, prefira escovas com cerdas extra macias e faça a escovação sem pressa. Este também é seu momento.

Confira como escovar os dentes corretamente:

  • escove as superfícies da bochecha dos dentes superiores;

  • na sequência, faça os mesmos movimentos com os dentes inferiores;

  • depois, é hora de escovar as superfícies da mastigação;

  • para finalizar escove a língua retirando as bactérias que ficam alojadas.

Mas a higienização e cuidados com o sorriso não param por aí. Antes da escovação é recomendável passar o fio dental. Não exagere na força, passe o fio com delicadeza, evitando ferimentos na gengiva. Muitas pessoas também fazem uso dos enxaguantes bucais; estes produtos melhoram a resistência dos dentes, deixam o hálito mais fresco e ajudam na eliminação dos resíduos.

Nesta gama de cuidados dentários, não pode ficar de fora o investimento em plano odontológico. Este é talvez, um dos recursos que vão fortalecer de forma mais eficiente a manutenção do sorriso. Com acesso ao plano, os beneficiários mantêm uma rotina de consultas que, em médio e longo prazo trarão economia e muita qualidade de vida. Lógico, que um sorriso saudável não é construído apenas com plano odontológico. Como citamos, este é um caminho para ajudar as pessoas a se sentirem seguras e felizes para exibir saúde bucal e ainda inspirarem todos a sua volta.

E o melhor: não há tempo certo para ter um plano odontológico. As vantagens se encaixam nas diversas faixas etárias, oferecendo vantagens que se adequam à realidade de cada idade e gênero, ou seja, nunca é tarde para melhorar um sorriso. O plano odontológico irá auxiliar neste processo, trazendo ao consultório pessoas que se afastaram dos dentistas por um motivo ou outro. Aos poucos, as crenças que aprendemos desde criança de que "dentista é muito caro" ou "tenho medo do tratamento" deixam de existir.

Fortalecer o vínculo entre especialistas e paciente é um dos focos do plano odontológico. Com o tempo, a cadeira do dentista se transforma até em divã, e todos os receios dão lugar à confiança e amizade. Cuidar dos dentes deve ser um prazer e essa prática só é adquirida com exercício diário. A saúde bucal é fundamental em todas as fases da vida. Na infância, se formam os hábitos que devemos manter na adolescência, quando somos adultos e principalmente na velhice. A boca faz parte do corpo humano e cada detalhe é relevante para manter sua beleza e funcionalidade.

Não deixe para amanhã: saúde e qualidade de vida são primordiais em qualquer idade. Pesquise as melhores condições de pagamento e qual plano odontológico se enquadra melhor na sua realidade e de sua família. No caso das empresas, também é possível realizar o investimento focando nos convênios empresariais. Uma equipe com saúde rende mais e trabalha com amor.

Regiões onde atendemos

  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia
  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • São Caetano do sul
  • São Bernardo do Campo
  • Santo André
  • Diadema
  • Guarulhos
  • Suzano
  • Ribeirão Pires
  • Mauá
  • Embu
  • Embu Guaçú
  • Embu das Artes
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Barueri
  • Jandira
  • Cotia
  • Itapevi
  • Santana de Parnaíba
  • Caierias
  • Franco da Rocha
  • Taboão da Serra
  • Cajamar
  • Arujá
  • Alphaville
  • Mairiporã
  • ABC
  • ABCD
  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilha Comprida
  • Iguape
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe

Estados onde atendemos

  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende
  • Belo Horizonte
  • Uberlândia
  • Contagem
  • Juiz de Fora
  • Betim
  • Montes Claros
  • Ribeirão das Neves
  • Uberaba
  • Governador Valadares
  • Ipatinga
  • Santa Luzia
  • Sete Lagoas
  • Divinópolis
  • Ibirité
  • Poços de Caldas
  • Patos de Minas
  • Teófilo Otoni
  • Sabará
  • Pouso Alegre
  • Barbacena
  • Varginha
  • Conselheiro Lafeiete
  • Araguari
  • Itabira
  • Passos
  • Serra
  • Vila Velha
  • Cariacica
  • Vitória
  • Cachoeiro de Itapemirim
  • Linhares
  • São Mateus
  • Colatina
  • Guarapari
  • Aracruz
  • Viana
  • Nova Venécia
  • Barra de São Francisco
  • Santa Maria de Jetibá
  • Castelo
  • Marataízes
  • São Gabriel da Palha
  • Domingos Martins
  • Itapemirim
  • Afonso Cláudio
  • Alegre
  • Baixo Guandu
  • Conceição da Barra
  • Guaçuí
  • Iúna
  • Jaguaré
  • Mimoso do Sul
  • Sooretama
  • Anchieta
  • Pinheiros
  • Pedro Canário
  • Bertioga
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe
  • São José dos campos
  • Campinas
  • Jundiaí
  • Sorocaba
  • Indaiatuba
  • São José do Rio Preto
  • Itatiba
  • Amparo
  • Barueri
  • Ribeirão Preto
  • Marília
  • Louveira
  • Paulínia
  • Bauru
  • Valinhos
  • Bragança Paulista
  • Araraquara
  • Americana
  • Atibaia
  • Taubaté
  • Araras
  • São Carlos
  • Itupeva
  • Mendonça
  • Itu
  • Vinhedo
  • Marapoama
  • Votuporanga
  • Hortolândia
  • Araçatuba
  • Jaboticabal
  • Sertãozinho
  • Curitiba
  • Londrina
  • Maringá
  • Ponta Grossa
  • Cascavel
  • São José dos Pinhais
  • Foz do Iguaçu
  • Colombo
  • Guarapuava
  • Paranaguá
  • Araucária
  • Toledo
  • Apucarana
  • Pinhais
  • Campo Largo
  • Almirante Tamandaré
  • Umuarama
  • Paranavaí
  • Piraquara
  • Cambé
  • Sarandi
  • Fazenda Rio Grande
  • Paranavaí
  • Francisco Beltrão
  • Pato Branco
  • Cianorte
  • Telêmaco Borba
  • Castro
  • Rolândia
  • Joinville
  • Florianópolis
  • Blumenau
  • Itajaí
  • São José
  • Chapecó
  • Criciúma
  • Jaraguá do sul
  • Lages
  • Palhoça
  • Balneário Camboriú
  • Brusque
  • Tubarão
  • São Bento do Sul
  • Caçador
  • Concórdia
  • Camboriú
  • Navegantes
  • Rio do Sul
  • Araranguá
  • Gaspar
  • Biguaçu
  • Indaial
  • Mafra
  • Canoinhas
  • Itapema
  • Porto Alegre
  • Caxias do Sul
  • Pelotas
  • Canoas
  • Santa Maria
  • Gravataí
  • Viamão
  • Novo Hamburgo
  • São Leopoldo
  • Rio Grande
  • Alvorada
  • Passo Fundo
  • Sapucaia do Sul
  • Uruguaiana
  • Santa Cruz do Sul
  • Cachoeirinha
  • Bagé
  • Bento Gonçalves
  • Erechim
  • Guaíba
  • Cachoeira do Sul
  • Santana do Livramento
  • Esteio
  • Ijuí
  • Alegrete
  • Recife
  • Jaboatão dos Guararapes
  • Olinda
  • Caruaru
  • Petrolina
  • Paulista
  • Cabo de Santo Agostinho
  • Camaragibe
  • Garanhuns
  • Vitória de Santo Antão
  • Igarassu
  • São Lourenço da Mata
  • Abreu e Lima
  • Santa Cruz do Capibaribe
  • Ipojuca
  • Serra Talhada
  • Araripina
  • Gravatá
  • Carpina
  • Goiana
  • Belo Jardim
  • Arcoverde
  • Ouricuri
  • Escada
  • Pesqueira
  • Surubim
  • Palmares
  • Bezerros
  • Salvador
  • Feira de Santana
  • Vitória da Conquista
  • Camaçari
  • Itabuna
  • Juazeiro
  • Lauro de Freitas
  • Ilhéus
  • Jequié
  • Teixeira de Freitas
  • Alagoinhas
  • Barreiras
  • Porto Seguro
  • Simões Filho
  • Paulo Afonso
  • Eunápolis
  • Santo Antônio de Jesus
  • Valença
  • Candeias
  • Guanambi
  • Jacobina
  • Serrinha
  • Senhor do Bonfim
  • Dias d'Ávila
  • Luís Eduardo Magalhães
  • Itapetinga
  • Irecê
  • Campo Formoso
  • Casa Nova
  • Brumado
  • Bom Jesus da Lapa
  • Conceição do Coité
  • Itamaraju
  • Itaberaba
  • Cruz das Almas
  • Ipirá
  • Santo Amaro
  • Euclides da Cunha
  • Fortaleza
  • caucacia
  • Juazeiro do Norte
  • Maracanaú
  • Sobral
  • Crato
  • Itapipoca
  • Maranguape
  • Iguatu
  • Quixadá
  • Canindé
  • Pacajus
  • Crateús
  • Aquiraz
  • Pacatuba
  • Quixeramobim
  • São Luís
  • Imperatriz
  • São José de Ribamar
  • Timon
  • Caxias
  • Codó
  • Paço do Lumiar
  • Açailândia
  • Bacabal
  • Balsas
  • Barra do Corda
  • Teresina
  • São Raimundo Nonato
  • Parnaíba
  • Picos
  • Uruçuí
  • Floriano
  • Piripiri
  • Campo Maior
  • Goiânia
  • Aparecida de Goiânia
  • Anápolis
  • Rio Verde
  • Luziânia
  • Águas Lindas de Goiás
  • Valparaíso de Goiás
  • Trindade
  • Formosa
  • Novo Gama
  • Itumbiara
  • Senador Canedo
  • Catalão
  • Jataí
  • Planaltina
  • Caldas Novas
  • Campo Grande
  • Dourados
  • Três Lagoas
  • Corumbá
  • Ponta Porã
  • Cuiabá
  • Várzea Grande
  • Rondonópolis
  • Sinop
  • Tangará da Serra
  • Cáceres
  • Sorriso
  • Manaus
  • Parintins
  • Itacoatiara
  • Manacapuru
  • Coari
  • Centro Amazonense
  • Belém
  • Ananindeua
  • Santarém
  • Marabá
  • Castanhal
  • Parauapebas
  • Itaituba
  • Cametá
  • Bragança
  • Abaetetuba
  • Bragança
  • Marituba